Qual a diferença entre um designer de interiores e um arquiteto?

0

Por possuírem muitas características em comum e atuarem em esferas parecidas, é normal que uma certa dúvida apareça entre a escolha de um arquiteto ou um designer de interiores. Antes de contratar qualquer serviço você deve saber do que se trata cada uma das atividades, assim evita  pedir determinados serviços e competências a um profissional que não cabe a ele.

designer de interiores

O arquiteto planeja, projeta e desenha os espaços urbanos visando melhorar a qualidade de vida das pessoas que neles vivem. Para isso, leva em conta os aspectos técnicos, históricos, culturais e estéticos do meio ambiente. Embora atue como designer de interiores às vezes, o foco do trabalho do arquiteto é projetar e em planejar ambientes.

Cabe ao arquiteto fazer os estudos e os cálculos necessários para que a construção do espaço aconteça com segurança e com estilo. Eles pensam na construção e reformas de prédios, por exemplo. Eles não fazem só as plantas, mas também determinam os materiais usados nas obras, considerando o uso do imóvel, ventilação, iluminação, etc.

Já o designer de interiores projeta, organiza e decora ambientes internos, levando em conta a harmonia de elementos como cores, texturas, luz e sombra. A sua função é trabalhar cada espaço, levando em conta o pedido do proprietário, sendo funcional, confortável e bonito. Para se tornar designer de interiores, é possível fazer um curso técnico ou bacharelado.

A maior diferença entre o arquiteto e o designer de interiores é que o primeiro lida também com o exterior, o urbanismo e a construção civil. O Design de Interiores é mais voltado para a decoração do ambiente, a estética e o conforto.

As atividades mais ligadas ao arquiteto são a de projetar e construir, não decorar. Apesar das diferenças, esses profissionais se complementam.

Para se tornar arquiteto, é necessário um diploma de curso superior.  A faculdade de arquitetura tem disciplinas de ciências exatas e humanas, com semestres teóricos e posteriormente mais práticos. Com duração de 5 anos, o curso tem estágio obrigatório e trabalho de conclusão de concurso (TCC).

A área de atuação do arquiteto é bem ampla. O profissional pode escolher atuar em áreas como arquitetura de interiores, edificação e construção, arquitetura verde, urbanismo, restauro de edifícios, paisagismo e ambiente, arquitetura industrial, luminotécnica, entre outros.

 

Sobre o autor: Jacqueline Gonçalo – Jornalista pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
Veja também:

+ “Do design orgânico a arquitetura viva”, uma porta para o futuro…

+ 8 ideias inspiradoras de divisórias casa e escritório

+ 10 casas brasileiras contemporâneas

 





Compartilhe:

Sobre o Autor

Comentários não são permitidos.