Mercado Imobiliário

O que deve conter em um contrato de compra e venda de imóvel na planta?

compra e venda

 

O processo de compra e venda de um imóvel costuma ser um processo demorado, as pessoas avaliam com calma as opções disponíveis no mercado, avaliam as suas expectativas com o imóvel novo, suas condições financeiras para a compra, as condições de pagamento de um imóvel, fazem várias visitas a diversos imóveis, para apenas depois de muita pesquisa e realizarem a compra do imóvel.

Ainda, que todo o processo seja acompanhado por advogados, a etapa de leitura do contrato pode gerar algumas dúvidas.

Afinal, como saber se algo está faltando?

Ou se aquela cláusula que parece desvantajosa para você pode ser retirada? É bom saber até para ter como conversar com seu advogado e a outra parte.

Para isso, listamos o que é essencial estar presente em um contrato de compra e venda para quando o esta imóvel na planta:

  • Valor total do imóvel e condições de pagamento ou de financiamento;
  • Valor do sinal (entrada);
  • Valores a serem pagos na entrega das chaves;
  • Dados do incorporador e qualificação de seus representantes;
  • Prazo de início e de entrega da obra;
  • Possíveis casos de rescisão, com as condições para devolução dos valores em caso de inadimplência;
  • Índice e periodicidade de reajuste, formas de correção do saldo e das prestações;
  • Penalidades no atraso de pagamento das parcelas;
  • Localização e características do imóvel que esta sendo vendido/comprado;
  • Metragem total (área privativa + área comum + área de garagem) quando estiver pronto;
  • Prazo de carência (período em que o incorporador poderá desistir do empreendimento);
  • Número de vagas de estacionamento.

Wendele Nascimento

Sou estudante de Administração na FEI/ SP e membro da Equipe de Marketing da Lopes, em que escrevo posts para o blog da Lopes sobre o mercado imobiliário e temas diversos, sempre com o objetivo de mantê-lo atualizado com um conteúdo relevante para diversos públicos

Você pode gostar de ler também...