2016: Perspectivas para o Brasil

0

Mais um ano veio e se foi (talvez com uma velocidade maior do que nós desejamos) e as esperanças de renovação estão por toda a parte. Para 2016, o que a maior parte dos analistas econômicos espera, é um ano de uma tímida recuperação frente um 2015 que foi cheio de desafios.

Experimentamos uma inflação em alta, a taxa de desemprego crescendo, juros nas alturas e queda nos mais diversos setores econômicos do país, saindo da indústria, passando pelo comércio e serviços e atingindo também o setor imobiliário. Porém nem tudo é para se desesperar. Conforme já escrevemos no artigo sobre Como aproveitar a crise para enxergar oportunidades (clique aqui para ler), é possível aproveitar a queda no mercado imobiliário para encontrar oportunidades únicas de investimento.

Com um passado deslumbrante em 2012 e 2013, um início de desaceleração em 2014 e por fim com um duro golpe em 2015, os analistas afirmam que 2016 promete ser “O ANO” para quem souber garimpar oportunidades. Nós do Economia sem Segredos separamos alguns pontos de como será o próximo ano para que você possa ir se planejando.

a) Plantões e descontos:

Os plantões de vendas realizados pelas construtoras devem continuar pelos próximos trimestres de 2016 onde as empresas tentarão se desfazer dos elevados estoques que possuem hoje devido aos lançamentos realizados em anos anteriores e que estão sendo finalizados ao fim de 2015.

Junto dos plantões vêm sempre os descontos onde o comprador terá a oportunidade de negociar diretamente com a construtora, podendo levar bons descontos de até 50% no valor do imóvel (dependendo das características da compra e venda), além de poder barganhar condições especiais de pagamento. Use a seu favor os plantões onde a prioridade dos corretores de imóveis é vender!

b) Poucos lançamentos:

Após um número gigantesco de lançamentos nos últimos anos realizados pela alta demanda na época, as empresas hoje estão com números de apartamentos e casas relativamente altos, se levarmos em conta seus históricos.

Desse modo, as empresas do setor já sinalizaram que vão, em sua grande maioria, apenas realizar a gestão dos empreendimentos que estão em desenvolvimento com vista de esperar um melhor cenário econômico que possibilite a retomada de novos empreendimentos.

Perspectivas 2016

c) Redução de estoque:

Conforme dito nos dois itens anteriores, a prioridade geral das construtoras é diminuir seus estoques em 2016. Se você comprador possuir alguma disponibilidade financeira, não deixe de acompanhar o cronograma de plantões de vendas que estão sendo programados para 2016.

d) Melhora nas perspectivas econômicas:

Um dos principais fatores que influenciam os consumidores a contrair um financiamento imobiliário é a confiança na economia e na crença de que serão capazes de honrar suas dívidas. Com um desemprego em alta, muito dos consumidores tem evitado tomar empréstimos, principalmente de longo prazo (como são os imobiliários), com medo de perderem seus empregos e ficarem inadimplentes.

Com um sentimento menos pessimista e condições macroeconômicas mais favoráveis, o mercado de crédito imobiliário tende a se estabilizar e apresentar pequenos focos de crescimento em setores específicos de compradores que estejam enxergando melhores condições para o ano que vem.

Para saber se é a hora de comprar clique aqui.

e) Bancos volta a se movimentar:

Se a economia cai os bancos retraem, se ela cresce os bancos voltam a se animar. Com a volta da participação dos bancos nos financiamentos imobiliários, a vida do pequeno comprador será mais fácil na obtenção de empréstimos para realizar a compra da tão sonhada casa própria.

Então é isso! Continue nos acompanhando para entender como o mercado imobiliário se comportará em 2016. A equipe do Economia sem Segredos deseja um Feliz Natal e um próspero Ano novo.

Texto escrito por Economia Sem Segredos 





Compartilhe:

Sobre o Autor

Comentários não são permitidos.