Arquitetura

Qual a diferença entre técnico de edificações e o arquiteto?

Existem várias diferenças entre os cursos, mas a Arquitetura e Urbanismo é um curso de nível superior, enquanto o Técnico em Edificações é um curso de nível médio. Além disso, a duração de cada curso também é muito diferente – 05 anos contra 02 anos.

técnico de edificações

O Técnico em Edificações pode assinar projetos de até 80 m². Ele é um profissional habilitado, que em obra pode tranquilamente promover o elo entre o departamento técnico (Engenheiro e Arquiteto) e a mão de obra (mestres e pedreiros). Um Técnico em Edificações pode atuar como projetista civil e ser responsável pelo dia-a-dia em uma obra, trabalhando também como orçamentista, entre uma extensa lista de funções dentro de uma empresa de construção civil.

Em um curso Técnico de Edificações o aluno estudará cálculos estruturais, projeto arquitetônico, materiais de construção civil, topografia, orçamentos, empreendedorismo, normalização e projetos, entre outras. Mas um item que vale muito na experiência do aluno são as aulas práticas, item que muitos arquitetos formados não possuem. Na aula prática os estudantes de edificações colocam a mão na massa, locando obras, fazendo formas, armando aço, concretando pilares e vigas, construindo telhados, pintando e texturando paredes, criando tubulações de água fria e esgoto sanitário.

O Técnico em Edificações é habilitado pelo CREA, normalmente como os engenheiros. Hoje os arquitetos possuem registo no CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo. Claro que como em outra área ou formação qualquer, existem profissionais e PROFISSIONAIS. Se uma pessoa frequenta um curso de edificações só por frequentar, será um profissional medíocre. Já aqueles que sabem o que querem, e sabem onde querem chegar, um curso Técnico em Edificações  pode lhe abrir várias portas. Hoje em dia este curso está em alta pois faltam técnicos em edificações no mercado de trabalho.

Assim como na arquitetura o profissional deve considerar conforto ambiental, funcionalidade, na estética, cálculo de estruturas, planejamento construtivo e administração da obra. Durante a formação ele também entra em contato com elementos ligados a linguagem arquitetônica.

Porém o curso de Arquitetura envolve conhecimentos ligados tanto à engenharia civil (cálculo estrutural, dimensionamento de forças, análise da composição de terrenos para a sustentação da construção) como da área de “humanas”, como história da arte, perspectivas antropológicas sobre a moradia (como os seres humanos pensam e agem sobre a questão da habitação), passando pela análise da ocupação das cidades (paisagismo, urbanismo, áreas residenciais e comerciais, entre outras questões).

Há também arquitetos que se especializam em comunicação visual, desde a definição de padrões de comunicação de empresas até o design de móveis ou objetos de uso doméstico, acentuando sua formação estética.

 

Veja também:

Os profissionais que constroem sonhos: Engenheiro e Arquiteto

Ciclovias e mobilidade urbana

 

Arquitete Suas Ideias

Com o intuito de disseminar informações e curiosidades, o Arquitete suas Ideias nasceu para mostrar o que há de interessante nas áreas de arquitetura, tecnologia, design e temas relacionados. Acompanhe o Blog e as demais mídias sociais para ficar informado sobre o mundo da arquitetura.

Você pode gostar de ler também...