Decoração e Paisagismo

Segredos para escolher a cama box ideal para o seu quarto

Garantir a ‘qualidade do sono’ é também uma tarefa atribuída ao decorador de interiores. O modelo de cama escolhido para a ambientação de um quarto tem, sim, impacto na saúde e no bem estar das pessoas. 

Seus clientes, por consequência, esperam que as decisões tomadas em projeto sejam tão acertadas a ponto de que os produtos adquiridos os acompanhem por muitos anos – e isto inclui a cama box.

Por falar nisso, as camas box são as mais queridinhas do momento – consideradas como a melhor solução em se tratando de camas. 

Seu colchão apresenta melhor qualidade e resistência; e é sinônimo de mais saúde; fora que o design desta peça é mais bonito, combinando com várias propostas de decoração para quarto. E para este móvel há várias opções de tamanhos e tipos de molas. 

Foto: Jean Felix

As principais características das camas box

Antes de citar as principais características das camas box, é preciso ressaltar que este modelo de cama é totalmente diferente das camas tradicionais do passado. 

A principal diferença entre elas está na composição de sua estrutura, que não possui estrado ou cabeceira, mas quatro pés metálicos – ou rodízios – e uma base de madeira com colchão. Um conjunto simples e compacto que otimiza melhor o espaço onde se encontra.

Embora a peça da cabeceira tenha que ser comprada a parte, o custo-benefício de se adquirir uma cama box é maior em comparação a uma cama comum, de estrado. 

Para começar este móvel é bem funcional; tem espuma mais maleável; e melhor sustentação para o corpo – evitando deformidades pelo movimento. E as qualidades não param por aí. Continue lendo para saber mais.

Foto: MORAR MAIS POR MENOS GOIÂNIA 2017
Foto: Tânia Povoa

Os principais modelos de cama box encontrados no mercado

Existem vários modelos de cama box a venda no mercado. Resumidamente, pode-se dizer que há quatros tipos diferentes: cama box solteiro e cama box casal padrão, queen size e king size. 

Mas pesquisando melhor é possível perceber que mesmos entre estes tipos também se pode encontrar diferenças. E tais diferenças estão em dois pontos: funcionalidade e conforto.

Foto: Gislene Lopes
Foto: Jóia Bergamo

Existem as camas box com o colchão preso – conjugado à estrutura. Também as “double box”, com colchão auxiliar. As bipartidas – que parecem ter duas camas, lado-a-lado. E, por fim, as com baú ou com gavetas na parte interna – muito usadas para guardar roupas de cama. Estes últimos modelos, com este espaço vago dentro, representam uma possibilidade de otimizar a planta de um quarto, liberando espaço para outros móveis.

Foto: Leonardo Muller

A questão da densidade do colchão também deve ser observada no momento de se escolher a cama box. Todos os modelos anteriormente citados podem vir com um esquema de espumas e molas também diferentes – pensando nos diferentes biotipos de pessoas que existem. 

Além do mais, existem tecnologias que até mesmo ajudam a ativar a circulação sanguínea e a regular a temperatura corporal. Ou seja, opções é que não faltam.

As camas box com mola são indicadas para casais – sobretudo com uma diferença de peso considerável. 

Isto porque o sistema permite que uma pessoa se movimente sem atrapalhar a outra, garantindo a estabilidade do conjunto. Molas ensacadas se adaptam melhor às curvas humanas e distribui melhor a pressão do corpo. E ainda é possível ter uma camada de espuma extra – chamada de ‘pillow top’ -, que facilita a comodidade.

Foto: Sandra Pompermayer

Os critérios para escolher a cama box ideal

Como dito antes, há vários tipos de cama box no mercado. Escolher um modelo dentre tantos é um desafio. 

Primeiro é preciso avaliar o tamanho do quarto – quantos móveis se terá ao redor. Também o número de pessoas que usará o móvel – além de suas características físicas, sem se esquecer de qualquer outra necessidade pessoal. Daí pode-se definir as dimensões da peça, sua espuma, densidade e tipos de mola.

Foto: Antônio Ferreira Junior e Mário Celso Bernardes

Passado esta etapa, é vez de encontrar meios de fazer a peça escolhida combinar com a decoração do quarto. O design das camas box é sempre igual, clean. 

Para personalizar o móvel basta somar uma cabeceira com desenho diferenciado – se for customizada melhor -, e acrescentar um jogo de cama especial. Uma ideia é ter a textura da placa de proteção e a estampa dos têxteis combinando com a parede atrás. O que acha?

Foto: Patricia Kolanian Pasquini
Foto: Espaço do Traço Arquitetura

Se você ainda tiver dúvidas de como combinar cama box com a decoração de quarto dê uma olhada nas imagens e se inspire para criar um cenário mais aconchegante e charmoso para esse ambiente.

Essas dicas de como escolher uma cama box para a sua casa foram criadas pela equipe Viva Decora.

Leia mais:

+ Entenda como a tecnologia pode fazer parte da sua casa

+ Decoração: aprenda a modificar os detalhes da sua casa

+ Friends 25 anos: veja como seria o apartamento ao longo das décadas

Você pode gostar de ler também...