Decoração e Paisagismo

Ideias para otimização da planta do quarto usando um móvel multifuncional

Com a supervalorização do metro quadrado nas grandes cidades e a redução das áreas dos imóveis, cada pequeno espaço dos ambientes deve ser bem aproveitado.

Uma forma da pessoa otimizar seu quarto, por exemplo, é apostar nos móveis multifuncionais.  As vantagens são inúmeras e algumas delas serão expostas no texto a seguir. Confira!

Fonte: Daniela Berardinelli

 

O que são móveis multifuncionais

Vamos falar primeiro o que são móveis ‘multifuncionais’. Bem, o próprio nome já é um pouco autoexplicativo. Porém, algumas pessoas, ao ouvir o termo podem imaginar algo como uma peça repleta de compartimentos secretos.

Bem, esse não é o caso. Está mais para “itens mobiliários que podem ser usados para mais de uma função, em um mesmo momento ou momentos diferentes”.

Fonte: Tasselli Barros Arquitetura e Interiores e Condecorar Arquitetura e Interiores

Cada modelo de móvel multifuncional vai apresentar suas próprias características. Alguns são classificados de acordo com as funções que cada pessoa lhe atribui. Outros são projetados para mudar de posição dependendo da necessidade do momento.

E há ainda aqueles que podem, futuramente, ser transformados em algo novo  – o que evitaria o seu descarte. Não há limites para as possibilidades!

Fonte: ArqExpress

 

Quais móveis podem ser classificados como multifuncionais

Pensando especificamente sobre o quarto, tem várias peças conhecidas que poderiam ser consideradas como multifuncionais. A primeira delas é a própria cama. Muitos modelos – principalmente os novos – são muito mais do que apenas um “espaço para dormir”.

Eles também podem servir como local para guardar objetos. Um exemplo são as camas box com baú.

Fonte: Maíra Marchió

Outra peça multifuncional em um quarto de jovem ou adulto é a escrivaninha, que pode servir ora de penteadeira e ora de bancada de estudo ou de trabalho.

Também tem o recamier, que ajuda a resguardar a frente da cama; mas que, além disso, serve como baú e assento para quando a pessoa calçar os sapatos. E ainda o gaveteiro, que pode funcionar muito bem como apoio para o trocador de bebê.

Fonte: BG Arquitetura

 

Quais as vantagens dos móveis multifuncionais

O uso de móveis multifuncionais representa muitas vantagens para a decoração de interiores. A primeira delas – e talvez a mais óbvia – é a economia de espaço. A segunda – menos perceptível, de imediato – é a economia financeira. Itens assim permitem que a pessoa explore melhor cada centímetro de área livre do seu quarto. E ainda faz com que ela compre menos; mas, todavia, obtendo sempre mais benefícios.

“É (como) um quarto dentro de um quarto, que condensa recursos suficientes e libera espaço para arejar o resto do apartamento.” – disse o designer Nils Holger Moormann sobre suas peças multifuncionais, em reportagem de Revista Casa e Jardim.

Fonte: ACF Arquitetura

Além de tudo que já foi apontado, outra vantagem dos multifuncionais é a possibilidade da personalização. Por serem raros no mercado, muitas pessoas optam por executar itens mobiliários assim sob medida.

Por isso, em decorrência da proposta decorativa para o lugar ou das situações vividas por aqueles que habitam o quarto, esses móveis devem poder mudar de visual sempre que for necessário.

Fonte: BG Arquitetura

 

Outras ideias de móveis multifuncionais para o quarto

Arquitetos e designers são capazes de realizar projetos de móveis personalizados para cada tipo de ambiente. Desse modo, é mais fácil criar peças que atendam melhor o gosto e as necessidades dos clientes.

Claro que, contudo, existem lindos artigos prontos disponíveis no mercado e que são capazes de oferecer, do mesmo modo, mais de uma função. E, por vezes, quase não haverá diferença entre um ou outro modelo.

Fonte: Andrea Bento

Móveis multifuncionais – não importa a origem – fazem toda a diferença na hora de decorar um quarto, seja ele infantil ou de adulto. Um gaveteiro sob a cama representa, por exemplo, mais espaço para a pessoa guardar os seus sapatos.

Fonte: Marília Veiga e Bordin & Soares

Uma caixa de brinquedos pode ser usada também como um criado-mudo. Um berço pode virar uma cama de solteiro. E um roupeiro pode esconder uma estante, com nicho para TV e outros aparelhos de mídia.

Fonte: Adriana Fontana

Agora que você já recebeu todas estas informações sobre os móveis multifuncionais, dê uma olhada nas imagens apresentadas neste texto e inspire-se para a decoração de seu quarto!

Com a facilidade da marcenaria e a troca de ideias para a execução dos móveis com os projetistas, certamente, será mais fácil encontrará as soluções ideais para a sua casa.

Estas dicas de uso de móveis multifuncionais na decoração foram criadas pela equipe Viva Decora.

 

VivaDecora

O Viva Decora reúne as melhores ideias de Decoração, Design de Interiores e Arquitetura em um só lugar.
Entrevistas, artigos, fotos de ambientes reais e projetos de profissionais para inspirar e ajudar as pessoas a criarem o lar dos seus sonhos.
Inspire-se!
Viva Decora é uma iniciativa do portal Viva Real.

Você pode gostar de ler também...