Sala
Decoração e Paisagismo

Vou começar a mobiliar. Por onde eu começo?

Tão importante quanto sair de casa para começar uma vida nova, ou mudar para um lar diferente, é pensar em cada detalhe do futuro imóvel.

Muitas pessoas acabam até adiando essa mudança por não saberem qual é o primeiro passo a ser dado na hora de começar a mobiliar a casa, afinal são muitos cômodos, muitos móveis… E, às vezes, a grana está curta.

Só que para um imóvel bem mobiliado, mesmo que seja aos poucos, algumas dicas e sugestões podem fazer a diferença. Normalmente, acaba-se até colocando mais móveis do que o necessário.

Cozinha e sala de jantar

Com imóveis cada vez mais compactos, a ajuda de profissionais pode fazer a diferença no resultado final. Marina Carvalho, arquiteta e designer, explica que a contratação de profissionais é essencial para um projeto com um resultado final positivo.

“O primeiro passo é contratar um arquiteto, pois ele saberá pensar na melhor disposição dos móveis, nos tamanhos adequados e melhores materiais e cores”, explica Marina.

No entanto, não são todas as pessoas que dispõe de dinheiro suficiente para mobiliar uma casa inteira e, ainda por cima, pagar um profissional para ajudá-lo nesse processo.

“Caso não seja possível a contratação do arquiteto, o primeiro passo é pensar no espaço: se ele é grande ou pequeno e para qual será a sua função. Por exemplo, na sala de TV, quantas pessoas irão usar o local? Terá visitas frequentes ou esporádicas? Respondendo a essas perguntas, já dá para se ter uma ideia do tamanho do sofá. Lógico que tudo isso tem que ser avaliado com o tamanho dessa sala, para no final, não ficar muito apertado”, finaliza.

Sala

Falando em necessidades básicas, a grande maioria dos profissionais indica que os primeiros cômodos a serem mobiliados precisam ser a cozinha e o quarto, que são os locais de maior usabilidade. Sendo mais especifico: geladeira, fogão, guarda-roupa e cama são os primeiros itens que devem ser pensados na hora de começar a mobiliar uma casa. O resto pode ser considerado supérfluo e ir sendo adquirido com o passar dos meses, caso você não tenha pressa para a mudança final.

Cozinha e quarto merecem uma atenção mais especial, pois são cômodos considerados importantes para a “sobrevivência”. Por isso, se vai começar por eles, termine-os e faça a mobília por completa desses ambientes, para não ficar indo e voltando toda hora.

Após ter terminado a colocação de móveis nesses ambientes, passe para os cômodos que são considerados menos essenciais na casa, como: sala, banheiro, escritório… Isso vai acabar passando pelas suas necessidades, como foi explicado. Se você costuma receber mais visitas, pensar na decoração da sala é mais importante. Um sofá maior, em formato de L, costuma agradar mais. O improviso e otimização de móveis também é uma excelente dica.

Agora, se você se considera uma pessoa mais reservada e caseira ou trabalha em casa, focar na mobília do escritório ou de um cantinho só seu favorece o aconchego da casa para você mesmo e não para os outros.

As pessoas que gostam de dar uma festa e reunir os amigos, o foque tende a ser na área externa, onde será colocada churrasqueira, mesas amplas, várias cadeiras e um local mais receptivo.

Após concluir a mobília dos cômodos considerados essenciais, a escolha dos outros acaba ficando para a necessidade exclusiva pessoas.

E você? Qual seria o próximo cômodo a ser mobiliado?

Imovelweb

O Imovelweb é um dos maiores portais imobiliários do Brasil. E, além de oferecer as melhores ofertas para quem está a procura de um imóvel, busca levar o melhor conteúdo sobre decoração, mudança e dicas para o dia a dia do lar. Acesse o site e veja milhares de anúncios e várias ideias para a decoração da sua nova casa

Você pode gostar de ler também...