Mercado Imobiliário

4 cuidados para acabar com o excesso de umidade e dar adeus ao mofo na sua casa de praia

três casas de frente para a praia

Sabemos que o mofo pode aparecer em qualquer lugar, mas ele é mais comum nas cidades litorâneas, por terem um clima mais úmido. Nesses casos, quem tem ou mora em casa de praia, precisa ter como aliado um bom antimofo

Por conta da precipitação frequente e da alta umidade do ar, há um aumento na produção de grandes quantidades de pontos de umidade em um ambiente, tornando o espaço perfeito para o crescimento dos fungos. 

Esses fungos, também conhecidos como mofo, podem estar em qualquer lugar: portas, janelas, dutos de ar, roupas, bolsas e sapatos. Além disso, podem causar problemas de saúde e reações alérgicas em pessoas que ficam expostas ao fungo. 

Dicas para acabar com o mofo em sua residência de praia

1. Ambiente ventilado

Para evitar que o mofo apareça e se espalhe pela casa é preciso ter um ambiente com boa ventilação, garantindo a circulação de ar. Além disso, deixe a casa sempre organizada e mantenha, quando possível, os móveis longe das paredes. 

Se você tiver ar condicionado, faça a manutenção dele regularmente, bem como dos dutos. Exaustores de banheiros e de cozinha também precisam passar por manutenção e serem limpos com frequência, já que podem acumular vapor e umidade. 

Para fazer essa limpeza, o mais indicado é usar produtos antimofo, como o Microbac, da AyaTech, que higieniza e desodoriza roupas, tecidos, calçados, estofados, equipamentos esportivos e superfícies por até 1 mês.

2. Superfícies limpas e desinfetadas

Falando em limpeza, a sua frequência ajuda a remover os esporos dos fungos dos móveis e ambientes, reduzindo ainda a sujeira e a poeira. Limpe sempre as superfícies e seque-as bem! 

Lembre-se também de limpar os estofados e os tapetes, pois algumas pesquisas mostram que o mofo pode se proliferar na poeira. 

3. Cuidado com a condensação

Na praia, a brisa costuma ser constante e quente, fazendo com que muitas pessoas tenham ar condicionado nas residências. Por conta disso, é comum acontecer a condensação, que é quando o vapor da água quente do ar esfria, criando um líquido ao entrar em contato com uma superfície mais fria. 

E são nessas superfícies condensadas que o mofo surge e se espalha. Para evitar, procure deixar a temperatura interna da casa mais alta e a umidade relativa do ar mais baixa.

O ideal é ter na sua casa de praia objetos com materiais que são resistentes ao mofo, bem como paredes resistentes à umidade, usando tintas antimofo.  

4. Umidade interna

Além das dicas acima, controlar a umidade da residência é essencial. Para isso, você pode usar os desumidificadores de ar e não deixar roupas ou objetos molhados secando dentro de casa. 

Se você mora em casa, deixe as calhas sempre limpas e fique de olho nas janelas e portas para não entrar água quando chover. 

Agora que você já sabe como evitar o mofo na sua casa de praia é só aproveitar para descansar e curtir a paisagem! 

Autor: Aline Matos

Você pode gostar de ler também...