Mercado Imobiliário

Custo de aquisição de clientes: saiba o que é e como calcular!

Em qualquer modelo de negócio, o cliente representa o lucro. E como lucrar é o objetivo final da empresa, conseguir mais clientes é fundamental. Contudo, você já parou para pensar sobre o Custo de Aquisição de Clientes (CAC)?

custo de aquisição

Muitas empresas investem pesado para atrair a atenção de fregueses, mas profissionais liberais, como corretores de imóveis, não podem sacrificar quantias gigantescas para vender mais casas. Como, então, superar esse impasse?

Se você ficou curioso sobre o que é o CAC, basta ler este artigo até o final. Acompanhe!

Custo de aquisição de clientes: por que saber?

É importante para qualquer empreendedor, independentemente do seu porte empresarial, saber o quanto ele precisa investir para conquistar um cliente. Isso por que uma loja cheia de gente nem sempre significa lucro.

Da mesma forma, um corretor que recebe muitos contatos de pessoas interessadas em imóveis nem sempre consegue um bom faturamento.

Em primeiro lugar, o corretor de imóveis precisa entender que ele também é uma empresa. Por isso, é necessário colocar todos os gastos na ponta do lápis.

Se ele não souber o quanto custa conseguir clientes, poderá fazer investimentos ruins, colocando em risco a operação.

Como calcular o custo de aquisição de clientes?

A fórmula mais simples para se chegar ao número é CAC = MCC ÷ CA, a saber:

  • CAC = custo de aquisição de clientes;
  • MCC = total de campanhas de marketing relacionadas à aquisição;
  • CA = clientes adquiridos.

É importante esclarecer um ponto ao corretor de imóveis: marketing e publicidade não são a mesma coisa. De modo geral, podemos definir marketing como todas as estratégias usadas para vender um produto, portanto, marketing diz respeito a estratégias de vendas.

Por outro lado, publicidade é uma forma de comunicação que pode ter como um de seus objetivos vender um produto ou serviço. Por isso, podemos concluir que o marketing se utiliza da publicidade, mas o contrário não ocorre.

Feito esse esclarecimento, vamos a um exemplo que contextualiza o Cálculo de Aquisição de Clientes à rotina de um corretor de imóveis.

Como um corretor pode calcular o CAC?

João decidiu investir em campanhas de marketing online para vender imóveis em sua cidade. Para isso, ele contratou uma agência de marketing digital que criou o site, as páginas nas redes sociais e assumiu a comunicação da empresa.

João investiu R$ 5 mil e a estratégia durou um ano. Nesse período, ele fechou duas vendas, cada uma no valor R$ 100 mil. Como sua comissão era de 4%, ele faturou R$ 8 mil. Vamos ao cálculo:

CAC = MCC ÷ CA

CAC = 5000 ÷2

CAC = 2500

Nesse caso, cada cliente custou R$ 2,5 mil. Considerando o valor da comissão, percebemos que o Custo de Aquisição de Clientes nesse exemplo hipotético foi alto.

Agora que você entendeu a importância de saber calcular o Custo de Aquisição de Clientes, coloque os gastos relacionados às vendas na ponta do lápis. Você pode incluir almoços, combustível, publicidade etc.

Se tiver ficado interessado em como o marketing pode ajudar a captar clientes, leia este artigo e se aprofunde mais no assunto.

 

Autor: Fernando Moreira Santos, Blog da CrediPronto

 

 

CrediPronto

A única empresa especializada em consultoria de financiamento imobiliário do país. Conheça todos os benefícios e veja o porquê de fazer o financiamento do seu imóvel com a CrediPronto.

Você pode gostar de ler também...