Mercado Imobiliário

4 dicas de como poupar dinheiro para comprar um imóvel

shutterstock_401996797Acabe com as dívidas

Se você já está endividado, tente arcar com seus compromissos e acabar com as dívidas. Busque negociar as taxas, prazos e lembre-se que o credor tem interesse em que você pague sua dívida e não o contrário.

Fuja do cartão de crédito e do cheque especial, e compre apenas se tiver o suficiente para pagar à vista. Crediários também podem não valer a pena, pois com o dinheiro à vista, é possível conseguir um bom desconto e economizar nos juros pagos na compra a prazo.

Realize cortes estratégicos

Não é preciso ficar sem sair ou deixar de realizar passeios e viagens para comprar uma casa. Tudo pode ser ajustável, basta fazer uma análise no seu comportamento nas horas de lazer e tentar reduzir alguns custos envolvidos, como o pacote da TV a cabo, os pedidos de fast food, as baladas e as compras feitas por impulso.

 

Diminuir algumas regalias no presente traz tranquilidade no futuro.

Faça reservas estratégicas

Num mundo de incertezas, imprevistos podem acontecer a qualquer momento. Ter uma reserva de dinheiro aplicada acaba evitando a aquisição de novas dívidas.

Com dinheiro guardado é possível ficar longe do cheque especial e do cartão de crédito, e não contrair mais dívidas. Procure ter o suficiente para cobrir os gastos mensais de sua família por pelo menos 6 meses. Se sua família gasta todo mês o equivalente a R$ 3.500, um reserva de pelo menos R$ 21.000 é o ideal para conseguir encarar imprevistos que podem acontecer a qualquer momento.

Invista seu dinheiro

Pagar aluguel pode não ser o pior negócio do mundo como muitos insistem em afirmar. Lembre-se de que os juros no Brasil ainda estão num patamar extremamente elevado, se você paga aluguel, não tenha tanta pressa para sair. Se for o caso, procure um imóvel mais simples e tente economizar mais dinheiro para dar uma entrada maior no financiamento.

Financiar mais de 50% de seu imóvel torna-se caro e arriscado. Já que uma parte considerável de sua renda está sendo gasta com o pagamento das prestações. Pense que quanto menor for sua dívida, menor será o valor gasto com os juros.

Espere um pouco mais e economize para aumentar o valor da entrada. Além disso, procure ajuda para investir seu dinheiro e maximizar o retorno de suas economias. Existem diversos títulos públicos do governo com excelentes taxas de retorno, busque por corretora que não cobram taxa de corretagem. Desse jeito você conseguirá realizar seu sonho, sem ter que passar por grandes dificuldades financeiras.

Wendele Nascimento

Sou estudante de Administração na FEI/ SP e membro da Equipe de Marketing da Lopes, em que escrevo posts para o blog da Lopes sobre o mercado imobiliário e temas diversos, sempre com o objetivo de mantê-lo atualizado com um conteúdo relevante para diversos públicos

Você pode gostar de ler também...