A Importância do SPDA Para Prédios e Condomínios
Mercado Imobiliário

A Importância do SPDA Para Prédios e Condomínios

Ser dono/síndico de um prédio ou condomínio exige certas responsabilidades, cuidados e deveres, sendo um deles em relação ao SPDA.

SPDA é a sigla para Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas que, em outras palavras, quer dizer para-raios.

E porque ele é tão importante assim para prédios e condomínios? É sobre isso que iremos falar a partir de agora. Veja!

SPDA para prédios e condomínios: Entenda a importância

Você sabia que o Brasil é o país onde há maior incidência de raios no mundo? Pois é! São mais de 75 milhões de descargas elétricas que acontecem aqui anualmente.

E pior, por conta disso, todos os anos inúmeras pessoas acabam morrendo. Segundo dados do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de 2000 a 2019, 2.194 pessoas já perderam a vida por causa de raios – o que dá mais de 100 casos por ano!

Portanto, ter os cuidados necessários em relação a este fenômeno natural é de suma importância para o bem de todos, ainda mais se tratando de prédios e condomínios, visto que estes precisam de um SPDA instalado.

O SPDA em prédios e condomínios

Instalação, projeção e regulamentação

A instalação do SPDA em prédios, condomínios, galpões e outros tipos de estruturas é uma exigência do Corpo de Bombeiros, sendo regulamentada pela ABNT(Associação Brasileira de Normas Técnicas), de acordo com a NBR 5419.

Ou seja, para que a instalação do SPDA em seu prédio ou condomínio seja feita da maneira adequada e dentro das normas vigentes, a empresa responsável precisa seguir as exigências e regulamentações acima.

Além disso, é essencial que antes da instalação seja elaborado o projeto SPDA para que ela esteja regularizada e siga as condições necessárias para um bom funcionamento do dispositivo.

Ainda neste ponto, vale ressaltar que todos os laudos de SPDA e aterramento precisam ser atualizados anualmente, de acordo com as normas vigentes e com a utilização de equipamentos adequados, como terrômetros e miliohmímetros. Além do mais, inspeções semestrais também são importantes.

Por isso, esteja atento em relação a essas questões e verifique sempre com a empresa responsável e com os técnicos que farão as análises e os serviços em seu prédio ou condomínio.

Não adianta chamar um eletricista para resolver problemas de SPDA, é necessário entrar em contato com uma empresa de engenharia qualificada e com os profissionais certos para isso. Caso contrário, você só perderá tempo e dinheiro. O que você não quer, certo?

A Importância do SPDA Para Prédios e Condomínios

Objetivo e funcionamento

O Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas ou para-raios, tem como objetivo minimizar e evitar os efeitos que as descargas atmosféricas causam em ambientes, tanto em relação às pessoas quanto em relação a estruturas.

Isso porque, os raios podem gerar diversos prejuízos e problemas, como: explosões, incêndios, danos estruturais e materiais, mortes, queima de aparelhos, choques, queda de árvores, etc.

Sendo assim, como este dispositivo funciona para evitar tais situações?

Basicamente, o para-raios é um dispositivo que fica instalado na parte mais alta de prédios, edificações, galpões e afins e, quando há fortes chuvas com raios, ele conduz as descargas elétricas por meio de cabos até o solo, onde elas são dissipadas e perdem a força.

Dessa forma, o para-raios evita que as situações citadas anteriormente aconteçam, garantindo assim mais segurança, proteção e bem-estar a todos.

Manutenção

Para que o SPDA esteja sempre funcionando de maneira eficiente, é fundamental que o dispositivo passe por manutenções preventivas regulares.

Além disso, caso haja algum problema, dano ou acidente causado por um raio e você precise acionar o seguro, o seu SPDA precisará estar em dia com as manutenções necessárias, isso porque, se não estiver, a seguradora pode não pagar a indenização.

Portanto, leve em consideração as informações contidas neste artigo sobre o SPDA e evite dores de cabeça em seu prédio ou condomínio!

Leia mais:

+ Escolher o melhor consórcio: veja o que levar em consideração

+ Cuidados necessários na hora de comprar um imóvel

+ Black Friday: como aproveitar para vender mais imóveis?

Você pode gostar de ler também...