Quais as fases das mudanças e como organizá-las?

0

As mudanças sempre acontecem quando estamos em uma nova fase da nossa vida. Exemplos: morar sozinho, faculdade, casar, ter filhos, separar, aposentar, crise, desemprego, etc.

Hoje vamos falar sobre as fases de mudanças e dar algumas dicas para que tudo aconteça de forma gradual e organizada.

mudanças

Podemos dividir as mudanças em 5 etapas:

1 – Pré-mudança: você tomou a decisão que precisa mudar e tarefas precisam ser realizadas até o dia da mudança gerando assim um cronograma. Segue algumas das tarefas que temos que realizar:

  • Identificação do móveis, eletrodomésticos, utensílios, etc.;
  • Medidas da nova casa para saber o que poderá ser levado;
  • Pesquisar serviços que podem ajudar na mudança. Ex: personal organizer, transportadora, arquitetos, carreto, etc.
  • Verificar quando será cancelado as prestações de serviços na antiga moradia e ligada na nova. Exemplos: luz, telefone, água, internet, TV a cabo, assinatura de revistas; ;
  • Transferência de cursos, academias, etc.;
  • Necessidades especiais como: usar um guarda-móveis, deixar o bicho de estimação em um hotel durante a mudança, objetos valiosos e especiais, etc.;
  • Verificar se está tudo em ordem no novo local: pintura, elétrica, hidráulica, marcenaria, limpeza, regras de convivência, etc.;

Obs.: Aproveite a fase de mudanças para fazer o descarte de coisas que não usa mais. Doe ou venda objetos que ainda estejam em bom estado. IMPORTANTE: comunique aos familiares e amigos o novo endereço pode ser via: e-mail, telefone ou carta. Conforme for chegando o dia da mudança evite fazer compras de muitos itens e vá separando os de uso pessoal para os dias de mudança e os primeiros dias na casa nova. Lembre-se que você deve levar com você: joias, documentos e dinheiro.

2 – Embalagens: acontecem simultaneamente a mudança e depois de todos os descartes. Geralmente é feito pela transportadora contratada, mas para que a organização fique mais fácil na nova moradia, monitore da seguinte maneira, caixas embaladas com:

  • Objetos de outra estação (armários)
  • Objetos de pouca frequência e estoques (banheiros, cozinha e área de serviço)
  • Objetos de decoração e livros (sala e escritório)

Obs: caixas de tamanhos maiores sāo usadas para itens leves e as menores para itens mais pesados. O que é importante observar: identificação do que tem na caixa, de que cômodo ela pertence e se o conteúdo é frágil.

3 – Gerenciamento das mudanças: o que deve ser executado e em qual ordem. Geralmente os móveis são carregados antes e produtos de limpeza e higiene devem ficar fáceis de acessar pois geralmente são os primeiros a serem usadas na nova residência. Exemplo: papel higiênico, vassoura, pano de limpeza, etc. Fique atento a documentação da mudança, aos funcionários e empresa que estão envolvidas no projeto e se está tudo em ordem no imóvel antigo para ser entregue. Não deixe entulhos e lixo, deixe tudo organizado.

4 – Organização das mudanças: chegou toda a mudança na nova casa, Verifique se nada foi danificado no transporte e se as caixas já foram alocadas nos locais certos. A organização deve começar pelos quartos e banheiros, seguido da cozinha, despensa e área de serviço e por fim salas e escritórios. Vá alocando os objetos e fique atento a ir desembalando para criar uma área de circulação, depois você irá fazer uma organização mais minuciosa.

5 – Pós-mudança: essa fase consiste nos detalhes após a mudança.

  • Verificar se os locais que foram escolhidos para os itens estão atendendo as funções;
  • Verificar necessidades de itens faltantes na casa ou consertos ainda necessários;
  • Fazer uma organização mais precisa;
  • Fazer a organização da rotina doméstica da casa.

E ai gostaram das dicas? Então fique tranquilo (a) para não se estressar e boa mudança!

Kalinka Carvalho

Consultora, Palestrante e Blogueira em Organizaçāo

www.kalinkacarvalho.com.br

 





Compartilhe:

Sobre o Autor

Comentários não são permitidos.