Conheça seu bairro

Conheça o bairro de Perdizes, na Zona Oeste de SP

Conhecido pelas suas peculiares ladeiras, o bairro de Perdizes é um dos melhores de São Paulo e, nos últimos anos, se tornou um dos destinos imobiliários mais procurados na Zona Oeste. Amado pelos moradores, o distrito é famoso pela ótima localização e pelo fácil acesso aos diferentes serviços e infraestrutura.

Conheça mais sobre o bairro de Perdizes e descubra por que ele é tão irresistível

1) História

Por volta de 1850, existiam na região da Sesmaria do Pacaembu inúmeras chácaras e sítios. Quando loteados, deram origem ao bairro que tem o nome Perdizes em razão do vendedor de garapa Joaquim Alves. Ele e sua mulher tinham uma criação de aves – entre elas, a perdiz – e os moradores, para se referirem à região, chamam o local de “campo das perdizes”. O Largo Padre Péricles, hoje, ocupa o lugar onde antigamente o sítio se situava. Em 1987 o bairro entrou oficialmente na planta da cidade e cresceu nas primeiras décadas do novo século com a instalação da Capela de Santa Cruz e, posteriormente, da Paróquia São Geraldo. Já nos anos 40, o distrito se desenvolveu com o bonde Perdizes 19, que ligava a região à Praça do Correio, e com a outra linha que ligava o bairro até a Pompeia e Barra Funda.

2) Mobilidade urbana e transporte

Perdizes tem uma vantagem incrível no que diz respeito à locomoção de pessoas. Apesar das grandes ladeiras, o bairro conta com inúmeros pontos de ônibus, os quais levam aos mais diferentes pontos da cidade. No distrito você tem fácil acesso à Avenida Paulista, Avenida Doutor Arnaldo, Rua da Consolação, Marginal Tietê, Avenida Pacaembu e ao centro. Além disso, a principal via de transporte do local é a Avenida Sumaré, grande e sinuosa, mas totalmente plana.

+ Gostou do bairro? Clique e encontre o imóvel dos seus sonhos!

Também conta com duas grandes estações de Metrô na Linha 2 – Verde: a Sumaré, que fica acima da Avenida Paulo VI e tem uma saída na Rua Oscar Freire, e a Clínicas, que fica perto de um dos maiores polos hospitalares da capital e próximo à Rua Teodoro Sampaio. A estação Consolação, da mesma linha, faz integração com a Linha 4 – Amarela e as estações Paraíso e Ana Rosa com a Linha 1 – Azul.

3) Áreas de lazer e serviço

A região conta com praticamente todos os serviços que são essenciais ao morador do bairro. Você tem uma quantidade enorme de supermercados (destaque para o Záffari, dentro do Shopping Bourbon) , farmácias, hospitais (como a Maternidade São Camilo), bares e restaurantes. Mas quem vai amar o local, no entanto, são os apaixonados por futebol. Perdizes abriga uma quantidade enorme de torcedores e alguns dos centros de treinamentos dos maiores clubes de São Paulo. Está a poucos minutos do Allianz Parque, nova arena multiuso do Palmeiras, e do tradicional estádio do Pacaembu, o qual acolhe o Museu do Futebol, inaugurado em 2008, que defende e mostra o futebol como uma manifestação cultural brasileira.

O bairro também se tornou um local onde as artes têm se destacado. O Teatro Tuca, pertencente à PUC-SP, está na região desde 1965. O Teatro Bradesco é um dos maiores palcos para apresentações desde 2006, quando foi inaugurado, e se consolida como uma forte frente do Shopping Bourbon. Bem próximo da região está o SESC Pompeia, um dos maiores centros de atividades culturais e de lazer da Zona Oeste.

Foto: Exame

Outra grande referência de lazer e diversão em Perdizes é o já mencionado Shopping Bourbon, um complexo de 210 lojas, praça de alimentação com 1200 lugares e um cinema (Espaço Itaú de Cinema), o qual oferece uma programação variada e capacidade de quase 2000 lugares. Além disso, as escolas de samba Tom Maior, Águia de Ouro e Camisa Verde e Branco estão próximas ao distrito, criando um espaço especial para os fanáticos pelo ritmo.

Mas quem gosta de áreas verdes e contato com a natureza também acha seu lugar no bairro. Perdizes conta com o Parque Água Branca, que tem playground, aquário e área de leitura, por exemplo, e o Parque Zilda Natel, o preferido dos skatistas da região, justamente porque conta com obstáculos, minirrampas e até equipamentos de ginástica.

4) Centros de ensino

O bairro tornou-se referência em educação em 1946, com a instalação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). A faculdade é até hoje um dos maiores centros universitários do país e ocupa um quarteirão inteiro. Outra construção que se instalou na região foi a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, que faz parte da grade de cursos da USP e teve seu prédio tombado em 1981.

Perdizes também tem ótimas escolas, algumas sendo consideradas como as mais tradicionais da cidade. Grandes exemplos de pedagogia e educação são o Colégio Pentágono, o Colégio São Domingos, o Colégio Santa Marcelina (instituição católica que oferece educação até o ensino médio) e o Colégio Batista Brasileiro (que tem mais de 100 anos de história e foi fundado por missionários americanos).

5) Cultura

Há muitas opções de bares, restaurantes e centros de lazer no bairro. Dentre os destaques, estão o Parque da Água Branca com seus animais soltos, o Sesc Pompeia com uma variada programação de shows e espetáculos e o Allianz Parque, para a alegria dos apaixonados por futebol.

Foto: Songkai Liu

Perdizes abriga uma quantidade enorme de torcedores e alguns dos centros de treinamentos dos maiores clubes de São Paulo. Está a poucos minutos do Allianz Parque, nova arena multiuso do Palmeiras, e do tradicional estádio do Pacaembu, o qual acolhe o Museu do Futebol, inaugurado em 2008, que defende e mostra o futebol como uma manifestação cultural brasileira.

Para quem sonha em encontrar um imóvel em Perdizes ou em outro bairro nobre da cidade, a Lopes tem uma curadoria especial de imóveis de luxo que estão à venda. Conheça todas as opções e venha se encantar com a nossa seleção.

Leia mais:

+ Descubra por que a Vila Olímpia é um dos bairros mais desejados de SP

+ Conheça o Itaim Bibi, tradicional bairro de São Paulo

+ Conheça a Chácara Santo Antônio e descubra o melhor da Zona Sul

Você pode gostar de ler também...