Reforma do imóvel: Saiba como orientar o cliente

0

Quando o cliente compra um imóvel, seja novo ou usado, ele sempre quer dar um toque em sua arquitetura, seja para tirar ou colocar uma parede, ou até mesmo fazer a instalação para ar condicionado. E mesmo a reforma do imóvel sendo mais simples, precisa-se de uma aprovação. Portanto  é importante saber as regras.

Reforma do imóvel

A determinação da Associação Brasileiras de Letras (ABNT) para reformas edificais foram atualizadas em abril de 2014. A ABNT criou um conjunto de regras para reforma, denominado de NBR 16.280:2014, com objetivo de evitar situações como o desabamento de prédios ocorridos no país, pois uma simples reforma pode alterar todo o sistema de edificação. O grande fato motivador foi a tragédia do desabamento após uma reforma do Ed. Liberdade, no Rio de Janeiro, em 2012. “A norma esquematiza as etapas da obra e lista os requisitos para antes, durante e depois de uma reforma, garantindo segurança e qualidade para os proprietários dos imóveis, assim como dos condôminos”, explica a arquiteta Rozze Dominggues, do escritório Domma Arquitetos ao Zap Pro. Para garantir mais segurança, foi feito um sistema de gestão, processos, projetos e execuções.

Desde então, os cuidados com esses detalhes, na hora de fazer qualquer tipo de alteração no imóvel, tiveram que ser redobrados para garantir mais segurança e qualquer tipo de problema ser evitado.

“A norma estabelece que toda reforma e imóvel que altere ou comprometa a segurança da edificação ou do seu entorno precisará ser submetida à análise da construtora e do projetista ou apresentar um laudo técnico assinado por engenheiro ou arquiteto. As reformas não podem ser mais realizadas por pedreiros, já que é necessário um responsável técnico para elaborar o projeto, onde constará seu nome”, acrescenta a arquiteta ao Zap Pro.

Corretor de imóveis

Durante o processo citado, um corretor bem qualificado faz a diferença, já que no momento da pós-venda pode orientar seu cliente sobre essas novas regras. Com isso,  pode evitar futuros problemas para os novos proprietários e facilitar sua vida. Ou seja, é muito importante que ele tenha o mínimo de conhecimento sobre as novas regras. “Um corretor qualificado tem que conhecer não apenas a questão da documentação, mas também as regras da ABNT sobre reformas, para passar as informações com segurança. Inclusive, este é um nicho de mercado que vem crescendo bastante, é uma tendência, tanto que o conselho do Rio de Janeiro tem feito cursos e preparado os corretores“, afirma Laudimiro Cavalcanti, diretor do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Rio de Janeiro (Creci-RJ).

 

Veja também:

+ Truques para você fazer na reforma de Casa

+ 6 dicas de como fazer uma reforma e decoração de sucesso

+ Como fazer uma planilha de gastos com reforma de apartamento

 

 





Compartilhe:

Sobre o Autor

Trabalha com Marketing Digital na Lopes Consultoria Imobiliária. Estudante do 3° ano de Publicidade e Propaganda no Mackenzie.

Comentários não são permitidos.