Decoração e Paisagismo

Mesa de jantar com cavalete: um toque de elegância e modernidade em sua sala de jantar

Nem todas as casas possuem uma mesa de jantar – algumas pessoas preferem usar somente balcões e bancadas auxiliares como local para servir as refeições.

Porém, em muitas outras, existe, sim, uma sala totalmente equipada, com direito a mesa, cadeiras e toda uma decoração produzida. O curioso é que, em propostas mais modernas e despojadas, pode-se ver a utilização de pés cavaletes. Entenda o caso a seguir!

Fonte: Antônio Ferreira Junior e Mário Celso Bernardes 

 

Vantagens e desvantagens da mesa de jantar com pés cavaletes

Alguns projetos de design e arquitetura de interiores apresentam uma mesa de jantar com visual diferente do tradicional. Em ambientes em estilo industrial urbano, por exemplo, é comum ver um móvel como esse sendo feito com itens reciclados ou repaginados.

Um exemplo é a mesa do tipo cavalete, que, como o seu nome já diz, é montada com pés cavaletes – lembrando em muito o modelo utilizado em oficinas e fábricas.

“(…) os cavaletes permitem montar uma mesa de maneira mais usual e prática.” – designer Rúbia Vieira, em reportagem de Revista Zap Imóveis.

Fonte: Antônio Ferreira Junior e Mário Celso Bernardes ; Tetriz Arquitetura e Interiores

Geralmente, esta não é a primeira opção escolhida pelos decoradores. Isso porque ela apresenta algumas desvantagens. A maior delas é quanto ao melhor aproveitamento de área útil.

Os pés cavaletes são mesmo muito bonitos, porém, em alguns formatos, ocupam bastante espaço. Uma mesa que poderia ter seis ou oito pessoas bem acomodadas, só abrigaria, sob ela, quatro ou seis assentos.

Fonte: Casacor Brasília 

Existem outras questões que devem ser avaliadas quanto à mesa cavalete. Por exemplo, ela pode apresentar um visual pesado – principalmente se os pés forem feitos de madeira. Por isso, muitos projetistas sugerem que o tampo seja feito de vidro transparente.

Acontece que, nesse caso, os pontos de apoio podem ficar mais frágeis e instáveis, necessitando do acréscimo de mais suportes em sentido oposto.

Além de tudo o que já foi citado, tem também as próprias características do vidro. De fato, esse é um material muito bom, que, se empregado como tampo de mesa, pode deixar qualquer sala de jantar mais charmosa, sofisticada e atual.

Porém, em contrapartida, ele é mais frágil. Ou seja, não suportando a mesma quantidade de cargas; não sendo adequado, no dia-a-dia da família, a qualquer tipo de uso.

Fonte: Roberto Migotto

 

Como montar uma mesa de jantar com pés cavaletes

A mesa de jantar com pés cavaletes é bastante simples, mas bem mais atrativa. Ela é composta de dois apoios ou mais – um tanto quanto afastados das extremidades da mesa. Geralmente, cada peça terá uma forma bastante parecida com o que é visto em ambientes industriais ou fabris – quase sempre em formato de ‘x’. Mas, há variações dependendo da proposta de design ou arquitetura.

Fonte: Kwartet Arquitetura 

No mercado, é possível ver mesas cavaletes com todas as suas partes feitas no mesmo material. Também aquelas que possuem o tampo de um jeito e os pés de outro. Para a parte de baixo, os materiais mais utilizados são a madeira e o metal. Já para a de cima, a madeira e o vidro; mas, em certos casos, também a pedra e o cimento. Novamente, fica a critério do artista.

Fonte: Antônio Ferreira Junior e Mário Celso Bernardes 

 

Como integrar uma mesa cavalete à decoração da sala de jantar

É o estilo de decoração proposto para a sala de jantar, como um todo, que vai determinar se a mesa cavalete será feita em um ou outro material. Ou ainda, se ela terá um ou outro determinado formato, cor, textura, brilho, acabamento e mais. Alguns ambientes parecerão mais tradicionais e requererão uma mesa de linha clássica. E outros mais ousados, ficando melhor com peças mais diferenciadas.

Fonte: Thais Oliveira Interiores 

Nas imagens apresentadas neste texto, vê-se a mesa de jantar do tipo cavalete sendo utilizada tanto em espaços de refeições a céu aberto quanto fechado. Também desde ambientes neutros e sóbrios a ambientes alegres e coloridos.

Pode-se dizer que tem opção para todos os gostos. E o interessante é que devido ao tratamento diferenciado das peças, não se há mais aquela impressão de improviso, como se tinha no passado.

Fonte: Ryasi Madeira Design e Roselle Ayres 

Quer dizer que a pessoa pode montar sua mesa de jantar da melhor maneira que achar adequado, levando em consideração seu gosto e necessidades. Ela optar, sim, por uma mesa com pés cavaletes. Essa, por sua vez, pode até ser formada por itens resgatados do lixo; ou novos, fabricados exclusivamente para a ocasião. Ambos os casos têm tudo para dar certo numa decoração contemporânea.

“Os tampos de vidro deixam a composição mais leve e descontraída, além de colocar o cavalete em evidência, atraindo olhares.”, “A cor em elementos como cavaletes trazem personalidade e deixam o ambiente único (…).” – designer Laura Santos, em reportagem de Bonde.

Fonte: Bruno Sgrillo Arquitetura

 

Outros itens da sala de jantar com pés cavaletes

Agora, numa sala de jantar nem só a mesa principal de refeições pode apresentar apoios feitos com pés cavaletes.

São vistas também nas propostas de interiores aparadores, carrinhos auxiliares, bancos e muitos outros móveis seguindo esse mesmo sistema construtivo.

Mas esses móveis não devem ser usados todos juntos, porque poderiam competir um com o outro, deixando o cômodo com visual sobrecarregado.

Fonte: WT Studio 

Já definiu qual tipo de mesa cavalete vai usar em sua sala de jantar? Então, não perca mais tempo e inicie agora mesmo seu projeto.

Estas dicas de decoração com mesa de cavaletes foi criada pela equipe Viva Decora.

VivaDecora

O Viva Decora reúne as melhores ideias de Decoração, Design de Interiores e Arquitetura em um só lugar.
Entrevistas, artigos, fotos de ambientes reais e projetos de profissionais para inspirar e ajudar as pessoas a criarem o lar dos seus sonhos.
Inspire-se!
Viva Decora é uma iniciativa do portal Viva Real.

Você pode gostar de ler também...